O LinkedIn é uma rede social voltada para a busca de empregos e trabalhos. É um espaço na Internet destinado ao marketing pessoal e ao encontro entre colegas de uma mesma área de trabalho. É sabido que hoje a maioria das empresas recrutadoras e dos processos seletivos exige o link do seu LinkedIn, ao invés, sobretudo, do velho molde de currículo tradicional.

São inúmeras possibilidades de trabalhos e oportunidades de contatos dentro do mercado agrupados em um mesmo lugar. No entanto, o número de pessoas inscritas, ou seja, o número de concorrentes é muito alto. Todos buscando pela chance do emprego de sua vida, assim como você. Este fato exige que você prepare o seu perfil do LinkedIn da melhor maneira possível, de modo que ele possa se destacar em meio aos demais.

Para isso, são diversos os fatores que precisam ser levados em consideração. Afinal, com um bom perfil, você pode se apropriar de ferramentas para alavancar sua carreira, e encontrar o emprego que deseja, estando cada vez mais perto de conhecer ótimos profissionais e participar de discussões importantes. Vale lembrar: o LinkedIn não é uma rede social para se usar apenas quando falta trabalho, mas sim durante toda a sua vida profissional ativa.

Quer saber como? Acompanhe o texto para aprender a montar seu perfil do LinkedIn e se destacar no mercado de trabalho.

Dicas para montar um perfil no LinkedIn

Haja o que houver, mantenha seu perfil atualizado. Criar um perfil na rede é apenas o passo inicial para adentrar neste universo. Para se destacar, é preciso que, após colocar uma foto e preencher todas as informações pedidas, você mantenha sempre a página do seu perfil atualizada. Assim, sempre que fizer um novo curso, ou especialização, ou adquirir um novo conhecimento teórico ou de campo, adicione a informação ao seu perfil.

Escolha a foto mais adequada para o seu perfil. Estudos apontam que perfis sem foto são muito menos vistos e menos acessados do que perfis com foto. Além disso, é importante lembrar também que, muito provavelmente, as fotos que você utiliza nas suas outras redes sociais, como Instagram, Facebook, WhatsApp, entre outras, não será a mais indicada para o LinkedIn.

Lembre-se que esta é uma plataforma de trabalho, então busque uma foto em que se possa ver nitidamente o seu rosto, e que você passe um ar profissional, e não amador. Não deixe, também, de escolher uma boa foto para a capa do seu perfil. Lembre-se que esta imagem precisa ter tamanho inferior a 4MB, e ter 1400×425 pixels de resolução.

Seu histórico e o trabalho

Acrescentando-se à imagem, faça um bom resumo de si. Há um espaço no LinkedIn reservado para você fazer um breve histórico de sua jornada profissional, com seus interesses e área de atuação, suas motivações, etc. São 2 mil caracteres pelas quais você pode, portanto, decidir qual é a melhor maneira de se apresentar para o mercado profissional.

Em suma, você pode, se quiser, seguir livremente este roteiro: se apresentar brevemente; falar sobre seus interesses profissionais, contar sobre suas motivações, demarcar o seu campo de atuação e aproveitar para deixar suas informações para contato.

Não poupe esforços ou detalhes no momento de escrever sobre sua experiência profissional. Essa parte será o coração do seu perfil, então lembre-se de deixá-lo o mais completo que puder. Coloque as datas de início e término de cada trabalho, os nomes corretos das empresas,especificando as atividades que você exercia em cada um deles. O diferencial aqui mora na riqueza dos detalhes das experiências vividas por você.

Salienta-se ainda que, no perfil, outra informação muito valiosa é o chamado título profissional. Ele é um dos principais responsáveis, junto com a foto, por atrair visitantes ao seu perfil. Ele é tão importante que está localizado logo abaixo do seu nome. Uma maneira inteligente de preencher este campo é escrever a sua função e o seu local de trabalho.

O trabalho e as palavras-chave

O LinkedIn é uma rede de alcance mundial com milhões de usuários ao redor do planeta. Existe concorrência mais acirrada do que essa? Sendo assim, você precisa encontrar formas de se destacar.

E é, em vista disso, que o uso das chamadas palavra-chave pode ser uma forma inteligente de destacar seu currículo. Coloque-a tanto no seu campo de resumo quanto no do seu título profissional. Para determinar bons resultados, escolha a mais adequada, pense na sua área de atuação e em que palavras as empresas e pessoas interessadas buscariam numa rede como o LinkedIn.

Invista em uma URL personalizada para seu perfil. Afinal, compartilhá-lo em seu currículo tradicional ou na assinatura de seu e-mail pode ser uma boa ideia, mas sem uma URL “simpática”, de nada vai adiantar. Para isso, acesse o painel de edição de sua página e altere a URL destino de seu perfil colocando um termo que remeta ao seu trabalho, sua atuação ou, até mesmo, coloque o seu próprio nome.

Habilidades profissionais

Liste suas habilidades, pelo menos as cinco principais, e deixe que suas conexões avaliem você. É importante que você não deixe esta aba em branco, visto que ela é imprescindível para o seu perfil. No entanto, não inclua informações que não condizem com a sua realidade.

Viste as páginas de seus colegas e liste as principais habilidades deles, para que eles sejam encorajados a fazer o mesmo com você. O LinkedIn permite até que você crie uma nova habilidade para um contato.

Solicite recomendações de seus colegas para o seu perfil. Na rede do LinkedIn, as empresas prestam muita atenção nesta parte. Se o seu perfil está há muito tempo sem nenhuma recomendação, não perca tempo e redija recomendações para suas conexões sem que elas tenham pedido. Dessa forma, elas se sentirão impelidas a retribuir o seu gesto.

Faça parte de discussões pertinentes para a sua área de trabalho. É importante que você se mantenha vivo na rede, e uma forma para conseguir isso é entrando em discussões, dando sua opinião e deixando sua marca e sua visão acerca dos mais variados assuntos. Assim, você pode ganhar visibilidade e oportunidades de conhecer contatos interessantes. Outra dica valiosa é: siga o perfil de empresas que são referências em seu ramo.

Acima de tudo, não cometa erros de português, e jamais minta em seu perfil. Os erros de ortografia e conjugação pressupõem amadorismo. E as mentiras são facilmente desmascaradas no LinkedIn, o que pode atrapalhar o seu desenvolvimento profissional no mercado de trabalho.

Quer aprimorar seu currículo? Então acesse nosso site e conheça nossos cursos.

Categorias: Diversos

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.