A atual configuração de mercado exige que os negócios privados contem com os mais variados setores: Financeiro, Comercial, RH, entre outros.

Dessa forma, deve-se entender qual a importância da Logística nas empresas como uma dessas áreas indispensáveis para o bom funcionamento do empreendimento.

Isso engloba o recebimento e entrega de mercadorias, a gestão de estoque e prazos, além de diversos outros fatores. Por isso, preparamos um artigo voltado a esse assunto, elencando os principais pontos que mostram a importância da Logística das empresas, tornando-a assim, parte integrante das rotinas produtivas do seu negócio.

A Logística nas empresas

Primeiramente, devemos elencar qual é o papel da Logística dentro das empresas. De forma geral, é através dessa área que os produtos irão ser adquiridos e movimentados, tanto na chegada, quanto na saída dos mais diversificados itens comerciais.

Assim, a Logística tem a função de receber os insumos de parceiros comerciais e fornecedores, mas também os movimentar para os clientes. Outro ponto de grande relevância é a gestão efetiva do estoque, permitindo que tudo seja controlado de forma assertiva.

Em complemento, a Logística em si, deverá atuar em sinergia com outros departamentos, como o Financeiro, Comercial, Vendas etc.

Desse modo, o processo, dessa forma, engloba desde o pedido, passando por seu gerenciamento em todas as etapas, até a entrega final, e sua importância cresce cada vez mais nas empresas.

Gestão de prazos

O setor logístico é o responsável pela gestão de prazos. É preciso definir, ao adquirir determinado insumo, quando, como e onde os produtos devem chegar. Isso amplia a oferta e o estoque, de acordo com a demanda, o que impacta diretamente na relação com os consumidores.

Mais importante ainda dessa cadeia Logística é o prazo de entrega dos clientes. O setor é responsável por enviar os produtos adquiridos aos consumidores dentro do tempo estipulado na compra, tornando-se indispensável para a boa avaliação e consequente fidelização perante o seu público.

Estoque e controle de produtos

O que muitos não sabem é que a Logística nas empresas tem a função primordial de gerir o estoque e controlar os produtos. Assim, impede-se a perda, extrativo e até mesmo furto de mercadorias, através de um controle do que está estocado. Sistemas de gestão logísticos, por exemplo, cumprem esse papel com excelência.

Com um controle efetivo do estoque, impede-se a defasagem de produtos, suprindo a demanda dos clientes. Esse é um dos pontos mais importantes, pois traz um indicador que poderá ser usado pelo departamento Financeiro: a rodagem de produtos no estoque.

Através do que a Logística indica sobre itens que saem e ficam parados no estoque, pode-se criar uma estratégia mais racional dos produtos que devem ser adquiridos para serem estocados e que aqueles que efetivamente estão apenas onerando a empresa.

O transporte de produtos

Um dos grandes desafios da Logística nas empresas, que torna seu papel ainda mais relevante, é o transporte de produtos. Com um modal viário defasado em vários pontos do país, é com a operação Logística, de forma estratégica, que se obtém melhores resultados.

Isso, porque o transporte deve garantir que o produto chegue no prazo, não seja extraviado e não possua defeitos durante sua locomoção, seja do fornecedor à empresa ou da empresa ao cliente.

Não à toa, muitos negócios do setor privado utilizam da terceirização desse serviço, por contar com negócios especializados no transporte e redução de custos. Contudo, a avaliação prévia por parte da gestão Logística mostrará qual é o método mais indicado para transportar os insumos.

Aumento das receitas

Chegando até aqui, é razoável pensar que a Logística apenas agrega custos às empresas. Porém, a realidade é diametralmente oposta: o setor logístico é um investimento assertivo que aumentará as receitas quando bem realizado.

Os ganhos são vários, tais quais:

– Diminuição do desperdício de mercadorias, do transporte à estocagem;

– Aumento da produtividade dos setores e profissionais, visto que a Logística terá papel uniforme dentro do negócio;

– Evita-se o retrabalho de colaboradores, seja da própria área Logística ou de setores correlatos;

– Impede que erros de gestão de produtos ocorram quando se conta com uma equipe especializada na área;

– Ampliam-se oportunidades de mercado, como fornecedores e parceiros comerciais com insumos mais baratos;

– Análise de desempenho, dados e indicadores sobre a entrada e venda de produtos – que podem ser maximizadas, por exemplo, em mercadorias como os alimentos perecíveis.

Diferencial competitivo

Apesar de todos os benefícios e a importância inerente a atual configuração mercadológica, muitas empresas ainda negligenciam ou não adotam uma operação Logística. A consequência? Posicionam-se atrás da concorrência.

A Logística, dentro desse contexto, é um diferencial competitivo: possibilita que negócios que a adotam possam ter excelência nas suas rotinas produtivas. Ainda, geram mais satisfação ao cliente e tem menos custos, como os citados acima.

Para complementar, engana-se quem acredita que apenas grandes empresas devem possuir um setor ou até mesmo um profissional da Logística: negócios de pequeno e médio porte que desejam ter um diferencial competitivo, não apenas podem como devem adotar estratégias e gestão Logística no seu negócio.

Captação de recursos

Com toda essa ação global do setor logístico, a prática econômica e o investimento de capital externo dão prioridade a quem usufrui de boas operações de aquisição, movimentação e estocagem de produtos.

Em outras palavras, aqueles que possuem uma Logística empresarial bem definida, tem mais capacidade de captar recursos de investidores. O compromisso com a gestão da empresa passa, necessariamente na visão de quem investe, por setores consolidados.

Logística: não apenas importante, mas necessária

Para concluir, é preciso entender que o mercado exige a Logística como uma estratégia para empresas que querem se destacar. O que antes era importante, hoje tornou-se necessário, principalmente pelos tópicos que destacamos ao longo do artigo.

Compreender quais são as formas de ter o menor custo possível com a maximização da entrega de produtos ao cliente é um desafio. Todavia, é a principal forma de ter uma gestão financeira eficiente e maximização dos lucros.

Então, independentemente do tamanho da empresa, através de um planejamento bem definido, pode-se usufruir o que de melhor a Logística tem a oferecer. Com cada vez mais profissionais qualificados na área, a aquisição, movimentação até a empresa, estocagem, venda e movimentação até o cliente trarão resultados positivos ao seu negócio.

Clique aqui, visite nosso site e conheça nossos cursos!

Categorias: Gestão

1 comentário

Áreas de atuação do profissional de logística - Blog da Faculdade Sensu · 27/07/2020 às 23:00

[…] área de Logística é cada vez mais valorizada dentro das empresas. Por ter um campo de atuação muito vasto, a Logística é parte fundamental dos processos de […]

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.