Com o avanço da pandemia do novo coronavírus diversas empresas adotaram a dinâmica do home office para não perder em produtividade. Embora seja um regime de trabalho muito conhecido por uns, outros profissionais podem sentir dificuldades para se concentrar na nova rotina de trabalho.

Assim, acostumados com a rotina de escritório, trabalhadores estão fazendo suas funções em ambiente de conforto. São eles que mais sofrem com várias distrações ao longo do horário comercial. Constantemente, a perda de foco acontece por contatos familiares fora de hora, assim como pela necessidade de checar as mensagens no celular para aumentar o com os colegas de trabalho.

Seja qual for o motivo, perder a concentração também significa perder produtividade. A qual, na sua grande maioria, foi construída com muito esforço e elaboração de habilidades para a conquista daquele posto de trabalho.

Caso você se encaixe nesse perfil, saiba agora como essa produtividade pode ser gerida com qualidade.

Como gerir a sua produtividade em home office?

O impacto da rotina em home office afeta diversos profissionais. Embora seja um regime de trabalho defendido por especialistas, as condições externas podem não favorecer essa dinâmica a longo prazo.

Como consequência, diversos profissionais buscam maneiras de gerir a produtividade, adiantando processos de trabalho para se ter uma rotina menos puxada ao encerrar a semana.

Sendo assim, o ideal é que o profissional consiga encontrar um local dentro da sua casa para fazer de escritório. Isso significa que locais de conforto como a sala de estar e cozinha devem ficar de fora.

A escolha do local de trabalho deve se basear, primeiramente, em ambientes mais tranquilos, longe de barulhos de televisão e conversas de outros familiares durante o dia. Outro ponto importante para essa dinâmica é deixar sempre à mão os materiais que compõe o trabalho, evitando se deslocar e perder o foco.

Outra dica para gerir a produtividade é a aquisição de mesas e cadeiras que se ajustam ao seu corpo, aliviando pontos de tensão. O que te possibilitará uma melhor postura e evitará dores na coluna e no pescoço ao longo do dia.

Rotina, produtividade e intervalos

A elaboração de um planner para a semana é essencial para quem precisa do home office.

Isso significa impor um horário para acordar, tomar café da manhã e iniciar o dia de trabalho.

Para que isso funcione, escreva em detalhe na sua rotina as demandas que serão realizadas nesse dia. Assim, você saberá quanto trabalho terá e quanto tempo é preciso para cada tarefa. Dessa maneira, a capacidade de distração irá diminuir.

No entanto, não é por estar em casa que você não poderá fazer a sua pausa. Assim como o horário de almoço durante a rotina do escritório, é saudável realizar pausas durante o trabalho. Pare para se alimentar, preste atenção na sua respiração. Aproveite e responda algumas mensagens mais importantes que chegam ao longo do dia.

Se você é ativo fisicamente, encontre dentro dessa rotina um tempo para se exercitar. O exercício físico também ajuda na concentração e faz com que o corpo se sinta menos cansado durante o dia. Assim, você ganha um fôlego a mais para cumprir com os seus horários.

Adesão de técnicas: tempo e produtividade

Às vezes o trabalho pode precisar de supervisão constante, podendo fazer com que o colaborador cumpra com as demandas. Nem sempre um planner pode trazer resultados positivos para esse profissional. O que faz com que ele precise buscar outros métodos de concentração.

Alguns métodos de concentração já são velhos conhecidos por quem faz homme office. O mais popular sem dúvida é o método Pomodoro, muito utilizados por estudantes antes de grandes provas de concurso, ele consiste em intensa concentração por 25 minutos, com a possibilidade de 5 minutos de descanso.

Nos períodos de pausa do método, é ideal que o profissional marque o que já foi concluído no dia, isso dará a chance de medir a produtividade e entender melhor o tempo para utilizá-lo a favor do trabalho.

Plataformas digitais também podem ser aliadas

É comum que empresas adotem plataformas para gerir projetos com melhor apoio às demandas em execução. O que confere, então, melhor auxílio também aos prazos de envio e às futuras tarefas.

É preciso saber que a utilização de plataformas digitais deve ser ampliada durante a rotina de home office. O seu uso auxilia, e muito, no processo de gerência da produtividade profissional.

Além disso, pode-se ver esses programas como um planners digitais, em que há interação direta com o gestor, a qual pode ser um fator estimulante para a rotina do teletrabalho.

A ferramenta também permite que o trabalhador acompanhe suas próprias demandas, podendo se organizar a partir do trabalho que deve fazer. Criar uma rotina com base em informações fazem toda a diferença.

O uso dessas plataformas também traz o bem da comunicação com outros colegas de trabalho. Uma conexão que pode ser importante para o período e contribuir com o estímulo à produtividade.

Vista-se adequadamente

Um erro muito comum de quem precisa trabalhar em home office é iniciar a rotina com roupas mais confortáveis ou até com pijamas. O figurino também pode ser um vilão da produtividade, mesmo o pijama oferecendo inúmeros confortos.

Isso acontece porque nosso cérebro já está condicionado a interpretar essas roupas como roupas de passar tempo em casa, um momento para relaxar. O que pode aumentar a preguiça ao longo do dia.

Sendo assim, uma dica muito valiosa é se vestir como se fosse sair de casa para o escritório, dessa maneira você se faz entender que aquele momento é reservado para o seu trabalho, o que ajuda no seu foco.

Acesse nossos cursos e saiba como melhorar ainda mais o seu currículo e posicionamento dentro da empresa. Venha nos conhecer!

Categorias: Diversos

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.