Praticamente todas as ações mais importantes de nossa vida precisam de planejamento. Comprar uma casa, um carro, fazer um curso, mudar de emprego, mudar de cidade ou, até mesmo, pensar em uma surpresa para uma pessoa especial. Tudo isso precisa ser planejado para que saia próximo do esperado.

Quando falamos de carreira, obviamente, essa necessidade não é diferente. Muito pelo contrário, é ainda mais relevante. Sua carreira, sem dúvidas, é um dos bens mais importantes em sua vida, já que ela vai possibilitar que você alcance muitos outros objetivos pessoais. Por isso, planejá-la é um dos primeiros passos a se fazer na vida adulta.

E esse planejamento começa desde cedo, quando ainda somos jovens em fase final da vida escolar e estamos decidindo qual profissão seguir. Tudo se inicia com uma escolha que parece ser muito simples e, ao mesmo tempo, muito complexa. É partir dela, que você começará a desenhar a sua carreira, escolhendo a faculdade a cursar, o tipo de curso que será feito, os estágios para colocar em prática e, no futuro, a formação e efetivação em um emprego.

Em todo esse percurso, desde o ponta pé inicial até o fim de sua atuação profissional, ou seja, sua aposentadoria, é preciso planejar, planejar e planejar a carreira. Somente com um planejamento consistente, o profissional pode pleitear e alcançar a promoção de cargos, o aumento de salário e a consequente satisfação profissional e pessoal.

Mas, afinal, do que se trata um planejamento de carreira?

Na prática, é colocar no papel uma organização bem sistemática sobre todos os seus objetivos profissionais e pessoais para os próximos anos (geralmente, a projeção mais usada é de cinco anos à frente).

Com essa organização, o profissional consegue vislumbrar o seu momento atual em relação aos momentos futuros almejados e dimensionar por quais etapas terá de passar. Além de ter uma noção das atitudes que deverá tomar para avançar em sua profissão e alcançar seus objetivos.

Obviamente, os objetivos profissionais se diferenciam de profissional para profissional. Se você almeja um cargo de liderança, mudar de emprego, mudar até mesmo de profissão, abrir o seu próprio negócio ou simplesmente se manter estável onde está, isso depende de cada um.

Mas, o planejamento é independente do seu objetivo. Ele é focado para que você o atinja e alcance sua satisfação profissional e pessoal. Claro que o planejamento de carreira deve conter metas e objetivos alcançáveis. Isso não significa que os seus sonhos sejam impossíveis, entretanto, é preciso que o profissional fixe metas realmente alcançáveis no espaço de tempo a ser praticado.

Vamos a um exemplo: se você é um estagiário e está planejando a sua carreira para daqui um ano e coloca como meta alcançar a gerência da empresa em que trabalha. Esta pode ser uma meta bem ambiciosa e bem difícil de ser alcançada neste período de sua carreira.

Por isso, além de pensar no futuro, o profissional deve analisar profundamente o seu presente e fazer certos questionamentos. Mas como colocar em prática, você vai saber daqui a pouco neste post.

A importância de um planejamento de carreira

Os caminhos são incertos e muitos objetivos que temos em mente podem ser desviados, mesmo com planejamentos, por imprevistos em nossa vida pessoal, nos rumos do país, na economia, no mercado de trabalho, entre outros alteradores. Mas, sem um planejamento, esse desvio pode causar ainda mais reflexos para a sua carreira.

Dessa forma, falamos de planejamento de carreira como um norte para o seu futuro. Ele não irá definir o seu dia de amanhã, mas irá te mostrar um caminho a percorrer para que você alcance o sucesso esperado. Em meio a esses desvios, você poderá traçar novas rotas, repensar objetivos, mas terá um planejamento para continuar seguindo suas metas.

O planejamento exige um alto grau de comprometimento e de disciplina, que também são atributos muito desejados por profissionais. Se você realmente quer alcançar os objetivos da sua carreira, deve colocar seu planejamento em prática. Por isso a importância de um plano realista e palpável.

Como colocar em prática?

Tudo começa por onde estamos atualmente. O primeiro passo para o planejamento da carreira é uma profunda revisão daquilo que você conquistou até agora, respondendo perguntas muito simples sobre: como você chegou até aqui? Quais foram os obstáculos? Você realmente chegou aonde queria? Você está satisfeito com sua posição atual? À que você atribui os resultados alcançados até o momento? Poderia ter chegado mais rápido se tivesse tomado outras atitudes? O que poderia ter feito de diferente?

Ao pensar nessas respostas, você poderá compreender os passos que já foram dados, os objetivos já alcançados e, a partir disso, analisar o que deseja alcançar nos próximos meses ou anos. Antes de colocar no papel, decida qual o seu principal objetivo final e trabalhe em seu planejamento para alcançá-lo, como abrir uma empresa, conseguir determinado cargo, ter aumento salarial etc.

Se seu objetivo for, por exemplo, conseguir um aumento salarial, você deve analisar aquilo que é necessário para alcançá-lo e quanto tempo e recursos financeiros isso vai demandar. Para visualizar com clareza o seu planejamento, coloque suas ideias em uma planilha que contenha as variáveis a serem consideradas na confecção e execução do seu planejamento, ou seja, seu local de partida (hoje) e as metas a serem alcançados em cada espaço de tempo.

Você pode dividir seu planejamento mês a mês, ano a ano ou até mesmo semana a semana, com ações pontuais. Atente-se em tornar os campos futuros da sua planilha sempre editáveis, uma vez que seus objetivos, metas e estratégias podem ser alterados conforme novos acontecimentos surgirem em sua vida. Deixe a sua planilha em um local acessível para que ela esteja sempre em seu foco.

Tudo na vida muda com educação! Acesse nosso site e confira nossa grade de cursos.

Categorias: Diversos

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.