Com a crise da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), é percebido que o isolamento social se fez presente nos nossos dias, obrigando-os a ficar em casa por mais tempo que o habitual. Pela instabilidade do vírus, a nossa saúde emocional pode desabar, bem como o equilíbrio emocional. Mas, é preciso lidar com as consequências da pandemia e também com problemas pessoais.

Isso porque lidar com uma rotina caseira e repetitiva pode acabar interferindo em nossa saúde mental e física. Por esse motivo, é importante manejar a rotina, para que ela seja saudável, a fim de tornar o processo menos difícil e mais leve de conduzir. Quer saber como? Então, confira o nosso post até o final e conheça 8 dicas para manter o equilíbrio emocional em tempos de crise.

1. Reflita antes de tomar decisões

Antes de tudo, é bastante comum discussões quando um problema aparece, e isso ocorre, principalmente, pelo calor da emoção. Portanto, um bom começo para cuidar da saúde mental e manter o equilíbrio emocional é refletir sobre as nossas ações.

Respirar fundo e buscar alternativas mais viáveis e coerentes para resolver aquele “problemão” pode ser a melhor saída, uma vez que serão ideias embasadas, e não executadas por nossa própria negligência. Assim, há mais chances do problema ser solucionado no presente e de evitar que ele continue em um futuro próximo.

2. Aceite o que não se pode mudar

Por mais simples e clichê que essa dica possa parecer, ela pode oferecer uma melhora psicológica importante. Quando se abraça seus problemas, a tendência é parar de fugir e encará-lo de frente. Só do simples fato de entender que se passa por uma situação e concluir que aquilo faz parte do processo, já é uma medida terapêutica.

Fugir das crises pessoais pode se tornar desgastante, e o caminho inverso disso — mesmo que continue sendo difícil — acaba sendo menos pesaroso e mais consciente, gerando um equilíbrio emocional. Em outras palavras, você lida com a situação de forma crítica e passa a não se incomodar por ela estar ali.

3. Pratique a meditação

Mulher negra meditando. Prática que busca equilíbrio emocional.

É bastante comum ouvirmos falar da meditação nas mídias sociais. Isso porque estudos científicos já comprovam a eficácia dessa prática, ainda mais em tempos de crise.

Caso você não saiba, a meditação tende a compreender o nosso estado atual, e busca incentivar o indivíduo a estar cada vez mais envolvido no momento presente. Por meio da meditação guiada e de técnicas de relaxamento, há um “aquietar a mente”.

A ideia dessa prática, no entanto, é tornar a nossa mente mais relaxada e saudável, fazendo com que haja menos preocupação com as questões do presente, evitando que o passado e o futuro interfira. A prática de mindfulness (atenção plena) oferece excelentes benefícios e torna os dias mais tranquilos e leves.

Portanto, busque um horário do seu dia para praticar a meditação, de preferência em momentos de silêncio e que não tenha muitas demandas para realizar.

4. Equilíbrio: converse com seus familiares e amigos

Homem branco em frente a um notebook. Ferramenta pode ser aliada na saúde mental.

Mesmo que o isolamento social e a distância interfira em nossos relacionamentos, use a tecnologia ao seu favor. Por isso, busque conversar um pouco mais com seus amigos e familiares, seja por áudio, ligações ou videochamadas.

A ideia é sair da rotina, ocupar a cabeça com assuntos aleatórios e criar laço com pessoas que você gosta de estar por perto. Separe alguns minutos do seu dia a dia para isso e veja o quão benéfico essa prática será para o seu bem-estar.

5. Busque orientação psicológica

Caso você precise de conversas mais embasadas e profissionais, pode ser interessante fazer terapia. Mesmo que ainda haja a questão do isolamento social, podemos experimentar sessões de forma online. Assim, você se mantém seguro e ainda consegue expor suas questões pessoais a um profissional que efetivamente vai conduzi-lo por um caminho emocional mais estável, maduro e psicologicamente saudável.

6. Faça atividade física

Mulher branca praticando Yoga. Prática que visa equilíbrio emocional.

Já é mais do que comprovado que ao realizarmos exercícios físicos, liberamos hormônios excelentes em nosso organismo, como é o caso da endorfina (um analgésico natural para o corpo, aliviando dores regionais e reduzindo a ansiedade do dia a dia) e a serotonina (que auxilia diretamente na emoção e ajuda a controlar o humor).

Portanto, pratique os exercícios que mais gosta, seja um jump, uma bike, esteira ou qualquer outro instrumento que você possua em sua casa.

7. Conecte-se com sua espiritualidade

Cada pessoa possui um certo conhecimento e apego às questões religiosas. Por isso, em momentos de instabilidade emocional, pode ser de extrema importância realizar meditações, preces e orações.

A ideia é que você perceba um amparo e cuidado ainda maior, pois todos nós tendemos a nos sentir seguros quando estamos em contato com nossa própria experiência espiritual e naquilo que acreditamos.

8. Leia livros

Homem branco lendo livro. Prática que pode sustentar e muito o equilíbrio emocional.

Uma das maneiras mais eficientes de distrairmos a mente e torná-la um lugar confortável é a leitura de livros. Desde os assuntos mais científicos a gêneros mais românticos, os livros nos transporta a lugares inimagináveis e ativa o nosso senso criativo, cujo fator é de extrema importância para a saúde mental.

Portanto, pegue uma boa porção de livros — especialmente os seus gêneros favoritos — e comece a lê-los em horas específicas do seu dia a dia, dando relevância àqueles momentos de tranquilidade, silêncio e que não há muitos afazeres. Isso pode te ajudar a manter um mínimo de equilíbrio emocional que seja.

Assim, conforme foi visto, a nossa saúde mental é de extrema importância, especialmente no período atual no qual estamos vivenciando. Além de lidar com problemas sociais, ainda temos que enfrentar os nossos pessoais. Portanto, buscar alternativas viáveis para contribuir com nossa saúde emocional é de suma importância, já que tendemos a viver dias cada vez mais corridos.

Invista em uma das práticas citadas acima — se não todas elas — e adéque-as ao seu dia a dia. Nossa mente precisa de distrações, e ao recorrermos a situações que nos instigue a uma saúde mental eficiente, nos tornamos cada vez melhores.

Agora que você já conhece as principais dicas para manter um equilíbrio emocional eficiente, que tal conhecer os nossos cursos? Acesse agora mesmo o nosso site e invista em uma nova profissão.

Categorias: Diversos

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.