Carregar uma teoria sobre o curso de Direito é uma coisa, no entanto, a prática pode se revelar outra. Afinal, todos nós ouvimos uma porção de opiniões diferentes sobre o que é estudar Direito.

Se você já se decidiu ou está deliberando sobre atuar na área, mas ainda não sabe o que lhe aguarda ao longo do curso, leia este artigo! Vamos desmistificar alguns pontos e abordar os principais fatos que todo estudante de Direito precisa conhecer.

1 – A leitura é sua melhor amiga

De fato, a leitura durante o curso é extensiva, pois envolve diversos livros, em profundidade. É comum ver estudantes de Direitos na biblioteca, visto que toda semana há um conteúdo novo que deve ser analisado com cuidado.

Portanto, é crucial gerenciar as listas de leitura. No entanto, não se desespere, leva um certo tempo para se acostumar com o ritmo do aprendizado.

Muito em breve, você irá se surpreender com sua capacidade de destrinchar os principais temas de um artigo ou vislumbrar fatos importantes para um caso. Isso, claro, requer esforço e muita leitura.

Aqui está um conselho: administre bem o seu tempo. É fundamental ter autodisciplina para realizar o cronograma de leitura, além das demais tarefas que envolvem o curso. Com o passar do tempo, isso se tornará um hábito.

2 – Preparação é tudo

Às vezes, esse item pode parecer impossível, mas é fundamental para o curso. Portanto, você deve se preparar para a aula desde o primeiro dia.

Caso contrário, você irá se perder na matéria e, principalmente, durante a aula. Portanto, busque estar preparado para dialogar sobre o tema com seus colegas de classe e professores.

3 – Atenção nas pequenas coisas

Para ter uma “mente afiada”, você precisa compreender que as matérias exigem diferentes habilidades, pois, em todas as áreas do Direito, a lei exige domínio de todos os detalhes das legislações. Portanto, os conteúdos se entrelaçam.

Você deve conhecer a legislação e a jurisprudência por completo, caso contrário, você perderá tempo em detalhes pequenos. Inclusive, as provas podem exigir que você realize argumentos de exemplos específicos. Portanto, você precisa ter um bom treino de memória.

Isso inclui aprender sobre casos variados e específicos e, claro, sobre as principais cláusulas da legislação em questão. No entanto, o conhecimento deve servir a um propósito mais amplo, não se trata apenas de memorização.

4 – Conselhos jurídicos

A princípio, no Direito, quanto mais você amplia seu conhecimento sobre as leis, menos você se sente confortável de tomar uma posição legal em uma determinada área ou assunto. Afinal, durante o curso, você irá destrinchar vários pontos controversos da lei. E, desse modo, irá entender que nem tudo dentro do Direito é tão claro e simples.

Talvez, você não se sinta preparado nem para distribuir conselhos jurídicos aos seus familiares e amigos, o que é perfeitamente normal.

5 – Momentos frustrantes

O Direito é um curso exigente e você pode sentir mais dificuldade em alguns momentos. Isso é frustrante para qualquer aluno, no geral. Contudo, não permita que isso te assuste.

Nesses momentos, acalme-se, evite distrações e relembre seu objetivo, que, no caso, é se tornar um bacharel em Direito.

Vale ressaltar: gradualmente, você irá se adaptar ao ritmo do curso. Além disso, poderá pedir conselhos aos seus professores e colegas sobre como organizar os seus estudos.

6 – Momentos surpreendentes

É normal que existam assuntos que você precise estudar menos e que você precise estudar mais. Assim como, é normal existir aqueles assuntos com os quais você não terá a menor vontade de aprender e assuntos nos quais você ficará apaixonado. Ou, pelo menos, você acha que é assim que funciona.

Ao longo do curso, há momentos surpreendentes. Você pode começar a faculdade amando Direito comercial e acabar a graduação atuando como um advogado de Direito penal.

Claro, isso é relativo. Mas a questão é que alguns conteúdos podem ficar muito mais interessantes do que você imagina. O que é um assunto técnico, pode se transformar em um cenário vital para as pessoas.

Por exemplo: os registros de terras mexem diretamente com a vida das pessoas. Nesta área, muitos casos estão relacionados a despejos, o que implica em contemplar várias questões perante a lei.

Ainda que uma matéria não lhe cative, aqui vai um conselho para ser um bom estudante de Direito: encontre um elemento fascinante em algo que não lhe agrada tanto a princípio. Sempre haverá ângulos interessantes.

Portanto, faça o máximo possível para encontrar esse viés.

7 – Desconecte-se

Se você deseja trilhar um caminho de sucesso na faculdade de Direito, você precisa delimitar sua rotina de estudo. Portanto, haverá dias que você deverá se desconectar das redes sociais e se concentrar nas suas tarefas, sem distrações.

Afinal, como já mencionamos, você terá uma quantidade exigente de estudos. E ficar o tempo inteiro nas redes sociais pode prejudicar sua produtividade, além de prejudicar a qualidade dos trabalhos. Sendo assim, elenque um planejamento adequado que contemple sua vida social e suas responsabilidades da faculdade.

8 – Não imprima tudo

No início, é normal que você sinta vontade de imprimir todos os livros e passagens específicas. Mas, isso não significa que você deva tomar essa decisão o tempo todo.

Procure adotar um estilo de vida mais sustentável, leia pelo seu notebook, smartphone ou tablet. Dessa forma, você economiza um bom dinheiro de impressão. Além disso, há muitos aplicativos disponíveis para facilitar a leitura, assim como há muitos textos bons sobre Direito expostos online.

9 – Personalize sua experiência

Muitas pessoas têm a concepção que a faculdade de Direito se resume apenas a ficar dentro de uma biblioteca. Quando, na verdade, você pode personalizar sua experiência e extrair o melhor dela em todos os níveis.

Isso envolve ampliar seu círculo de amizade, que, no fim das contas, pode ser formado por seus futuros colegas de profissão. Também é uma ótima oportunidade de se envolver com diversas comunidades e conhecer várias camadas da sociedade.


A mensagem é clara: aproveite ao máximo. Há muitas atividades extracurriculares gratificantes. Afinal, a experiência em Direito ou a experiência na faculdade é singular para cada aluno.


Além disso, como em qualquer área na faculdade, estudar Direito tem seus altos e baixos.


No entanto, você é capaz de estabelecer horários adequados para cada setor. E, definitivamente, esse é um dos cursos mais fantásticos e enriquecedores que você fará na vida.


Se interessou pelo conteúdo? Acesse nosso site e conheça nossos cursos.

Categorias: Jurídica

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.