O curso de Direito é um dos mais procurados nas faculdades. Um dos motivos é a possibilidade de construir uma carreira prestigiada e com boas chances de ser bem remunerado pelo trabalho.

Justamente pela fama do curso, é normal surgirem muitas questões em relação a ele. Muitos mitos, por exemplo, surgem quanto ao conteúdo da graduação, ao cotidiano do formado e ao mundo de trabalho do advogado. Porém, muita coisa dita é, de fato, realidade.

Então, leia sobre os mitos, as verdades e, também, sobre as curiosidades do curso de Direito. Assunto especialmente importante para quem está pensando em ingressar no curso, mas também para quem tem curiosidade pela carreira.

Quem cursa direito precisa saber todas as leis?

Esse é um mito muito comum no mundo do Direito. A resposta é não, quem faz direito não precisa saber todas as leis! Basta pensar no número gigantesco de leis que existem, sejam elas nacionais, estaduais, municipais e, ainda, internacionais, para perceber que é humanamente impossível decorar todas elas.

Cada profissional terá uma área de atuação e essa especialização permite que ele possa concentrar seus estudos na legislação da área. Dessa forma, ele restringe o que precisa saber e pode se dedicar mais ao tema.

Mesmo assim, não é necessário decorar leis. A principal competência do advogado é interpretar o que a legislação diz e, dessa maneira, aplicar nos casos para os quais ele foi contratado. Assim, muito mais do que ter de cor toda a legislação, esse profissional deve saber usá-la a favor do seu cliente.

Só é possível atuar como advogado passando na prova do Conselho?

Sim. O bacharel em Direito, ou seja, aquele que é formado no curso de Direito, somente passa a poder atuar como advogado após ser aprovado na prova da Ordem de Advogados do Brasil (OAB).

Essa prova é famosa por exigir muito conhecimento dos inscritos e, por isso, exige uma boa preparação para que seja concluída com sucesso. Um curso de boa qualidade deve preparar seus alunos para a aprovação na prova, mas também existem cursos extracurriculares especialmente desenvolvidos para quem está se preparando para o exame.

Ter afinidade com a leitura é fundamental para quem vai cursar Direito?

Pela natureza do curso e pela carga de leituras que ele demanda, é imperativo que o aluno tenha aptidão e interesse pela leitura. Além da legislação em si, durante o curso é apresentado conteúdos densos de sociologia, filosofia e antropologia, por exemplo. Por isso a leitura é tão importante.

Quem faz Direito só pode seguir carreira na advocacia, na magistratura ou na promotoria?

Isso é um mito sobre o Direito. Sem dúvidas essas são, tradicionalmente, as áreas mais seguidas pelos advogados. Mas existem, sim, outras frentes de trabalho para quem se forma em Direito.

Uma delas, por exemplo, é na formação de outros advogados. Com a grande demanda que o curso possui, também se forma uma demanda por professores capazes de formar bons profissionais. Desse modo, essa é uma área promissora. Além disso, é possível trabalhar como analista de tribunais, na defensoria, como delegados de polícia, entre várias outras áreas de atuação.

Quem fala bem em público não se dará bem no curso?

Mito! Conseguir convencer e defender suas ideias durante as audiências é, sim, fundamental. Mas, essa capacidade não é inata. É algo que precisa ser trabalhado e treinado com o tempo. Por isso, o profissional se prepara por anos para conseguir manter uma oratória firme.

Também é importante lembrar que existem várias atividades que os advogados desempenham sem estar em contato direto com uma platéia. A realização de peticionamento de processos e organização de prazos, por exemplo, não demandam oratória nenhuma para serem realizadas.

Quem se forma em Direito precisará sempre estudar?

Sim, a atualização será constante. O Direito é uma área que reflete o dinamismo da própria sociedade. Dessa forma, conforme ela muda, o Direito precisa se atualizar e se reorganizar.

Todo bom profissional da área precisa estar sempre por dentro das mudanças da sociedade. E, assim, das atualizações que a carreira jurídica irá exigir.

É importante fazer uma especialização?

Certamente o investimento em uma especialização dentro do Direito irá alavancar muito a carreira de quem se forma na área. É assim que o profissional se tornará referência quando o seu tema de domínio for necessário.

Existem muitas opções de atualização. Uma muito em alta, por exemplo, é o Direito Ambiental. Existem também as áreas do Direito do Trabalho, Direito do Consumidor, Direito Comercial, Tecnologia da Informação e outras inúmeras demandas.

Curiosidade extra: quando surgiu o curso de Direito?

O primeiro curso de Direito nasceu na primeira Universidade do mundo, a Universidade de Bologna (Università di Bologna), na Itália, lá em 1150.

No Brasil o curso surgiu 677 anos após a criação do curso em Bologna: em 1827. D. Pedro I criou dois cursos de Direito simultaneamente, entre os primeiros do país. Um foi a Faculdade de Direito de São Paulo (atualmente Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP) e o outro foi a Faculdade de Direito de Olinda (hoje Faculdade de Direito da Universidade de Pernambuco, em Recife).

No Brasil o Dia do Advogado é comemorado no dia 11 de agosto. Justamente no dia em que D. Pedro I, lá em 1827, criou esses dois cursos no país.

Conheça nossos cursos

Gostou de saber mais sobre o curso de Direito? Acesse nosso site para conhecer esse e todos os outros cursos que nossa instituição oferece. Todos eles têm em comum a qualidade do ensino, a infraestrutura adequada e as grades voltadas para as necessidades dos profissionais e do mercado de trabalho.

Uma boa parte do sucesso na carreira de um profissional se deve a uma boa formação e nisso nós podemos te ajudar. Nosso diferencial é oferecer cursos de ótima qualidade, aliando com boa metodologia, valores justos e localização estratégica. Estamos te esperando.

Lembre-se de nos seguir nas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades dos nossos cursos e da nossa instituição e de sempre conferir nosso blog para mais conteúdo e informações.

Venha fazer parte do nosso corpo discente! Comece já a investir na sua carreira.

Categorias: Jurídica

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.