Dia Nacional da Biblioteca

Hoje, 09 de abril, é o Dia Nacional da Biblioteca! É para comemorar a data, fizemos uma lista com algumas bibliotecas ao redor do mundo que é possível fazer um tour virtual!

Algumas é possível acessar alguns itens dos acervos, então já se prepara para começar nosso tour do de casa e conhecer bibliotecas incríveis pelo mundo!!

1 – Biblioteca Bodleian – Oxford, Reino Unido

Para começar nossa lista em grande estilo, os fãs de Harry Potter vão se apaixonar pela Biblioteca Bodleian, na Universidade de Oxford, que é a maior biblioteca universitária no Reino Unido e é a segunda maior biblioteca da Inglaterra ficando atrás apenas da Biblioteca Britânica, em Londres. 

Ao todo, a Biblioteca Bodleiana de Oxford é a União de 28  Bibliotecas da cidade de Oxford e tem sido uma biblioteca de depósito legal por 400 anos.

Essa é uma das mais antigas em toda a Europa fundada em 8 de novembro de 1602. Sua construção abriga uma série de artefatos antigos, como a Bíblia de Gutenberg, exemplares da Carta Magna, entre muitos outros manuscritos, incluindo um iluminado do Romance da Rosa do século XIII e os apontamentos manuscritos do romance O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien. A biblioteca é uma referência mundialmente conhecida pelo seu enorme acervo, com mais de 13 milhões de itens e 176 quilômetros de estantes. 

O local é conhecido por mais do que seu vasto acervo, no entanto, já que também foi utilizado como cenário em diversos filmes populares, principalmente os filmes de Harry Potter.

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3jeR3C9

2- Biblioteca Nacional Austríaca – Viena, Áustria

Tida como uma das bibliotecas históricas mais bonitas do mundo, sua construção foi uma ordem do imperador Carlos VI no século XVII para ser usada como biblioteca da corte. A biblioteca é considerada por muitos uma joia arquitetônica do barroco.

A Sala Imperial, a principal do prédio, tem uma estante de 70 metros e guarda mais de 200 mil livros impressos entre 1500 e 1850. A biblioteca possui estátuas de mármores, pinturas e frescos no teto. 

Entre o acervo está a coleção de 15.000 volumes do Príncipe Eugenio de Saboya, além de diversos livros procedentes de bibliotecas monásticas que foram fechadas durante as reformas religiosas de José II. 

A coleção da biblioteca é bem grande e possui mais de oito milhões de livros e outros objetos que são expostos. Ela possui a maior coleção de livros do país e além da parte da biblioteca ela também possui quatro museus. 

Na biblioteca é possível encontrar antigos pergaminhos, centenas de globos celestes, terrestres, lunares e planetários e um dos maiores acervos de partituras do mundo, entre diversos outros itens incríveis.

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3Jn8uLd 

3- Biblioteca do Mosteiro de Admont – Admont, Áustria

Localizado nos Alpes austríacos, o mosteiro Beneditino de Admont foi construído no século XVIII em 1776 e se tornou um dos principais centros culturais e espirituais da Idade Média, quando começou a reunir livros importantes para guardá-los nos seus arquivos. 

O mosteiro foi construído especialmente para os monges beneditinos no vale do rio Anns. A construção se tornou a primeira nesta parte da Áustria.

Considerada por muitos como a oitava maravilha do mundo, a biblioteca se destaca por suas cúpulas decoradas com afrescos pintados por Bartolomeo Altomont, belas prateleiras em tons de branco e dourado, portas secretas e esculturas de Josef Stammel. 

É a maior biblioteca monástica do mundo, com mais de 70 mil volumes e 1.500 manuscritos. Os 500 primeiros tomos impressos são mantidos aqui, inclusive exemplares únicos. Como é o caso da Bíblia do século XI ou manuscritos datados do século VIII. É possível encontrar os mais diversos livros. 

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3jiWC2h 

4- Biblioteca Memorial Harry Elkins Widener – Cambridge, Estados Unidos

A biblioteca é a principal da Universidade de Harvard, e ganhou esse nome em homenagem ao bibliotecário americano Harry Elkins Widener (1885-1912), aluno da turma de 1907 e um grande colecionador de livros, inclusive alguns muito raros, morto no naufrágio do Titanic em 1912.

Sua biblioteca original, coletada antes de sua morte no Titanic, consiste em cerca de 3.300 volumes alojados nas salas memoriais da Biblioteca Widener. É uma das coleções mais abrangentes de pesquisa em ciências humanas e sociais do mundo. 

Fundada em 1915, o acervo da biblioteca possui 3,5 milhões de livros em seus 92 km de estantes, ao longo de 8 km de corredores em dez níveis, formando um grande labirinto de obras em mais de cem idiomas.

Com um acervo de obras em mais de cem idiomas, compreende “uma das coleções de pesquisa mais abrangentes do mundo nas ciências humanas e sociais”. 

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3um2XR1 

5- Biblioteca Ambrosiana – Milão, Itália

Foi fundada em 1618 pelo Cardeal Federico Borromeo, que doou  sua coleção de pinturas, esculturas e desenhos para a Biblioteca Ambrosiana já existente em 1607. Uma das primeiras bibliotecas a ser aberta ao público, em 1609, o local conta com mais de 750 mil volumes e mais de 35 mil manuscritos. É chamada Ambrosiana em homenagem a Santo Ambrósio, padroeiro da cidade de Milão.

Foi criado com o objetivo de garantir  educação artística e cultural gratuita a qualquer pessoa de disposição artística ou intelectual. Esta academia foi fundada para apoiar e servir de modelo para a Academia de Belas Artes presente em Milão de 1621 a 1776. Mesmo quando a Academia de Belas Artes fechou, a Biblioteca Ambrosiana continuou a enriquecer seu acervo com muitas obras-primas de renome mundial.

A partir de 2009, a Sala Federiciana da Pinacoteca hospeda o Código Atlântico, uma coleção de desenhos e ilustrações de Leonardo da Vinci. 

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3uncS91 

6- Biblioteca Clementinum – Praga, República Tcheca

Essa já foi eleita a biblioteca mais bonita do mundo, com arquitetura barroca, o local abriga mais de 20 mil livros em seu acervo e exibe uma coleção de globos terrestres antigos intactos.

A biblioteca fica no complexo Clementinum e teve sua estrutura pouco alterada desde sua construção em 1722, a construção histórica ocupa uma área de 2 hectares e é considerada um dos maiores complexos arquitetônicos da Europa. Foi por muito tempo considerado como o terceiro maior colégio jesuíta do mundo. O teto é repleto de afrescos do pintor Jan Hiebl.

Em 1781, o diretor Karel Rafael Ungar criou  na biblioteca uma coleção das obras mais importantes  da literatura tcheca, que ficou conhecida como Biblioteca Nationalis. Alguns dos livros raros da coleção foram  enviados ao Google para se tornarem parte do Google Livros, onde estarão disponíveis em breve. Além das paredes repletas de materiais literários, o teto também ganhou um toque artístico com  afrescos do artista Jan Hiebl.

Acesse o tour virtual através do link: http://klementinum.pano3d.cz/ 

7- Biblioteca Pública de Nova York – Nova York, Estados Unidos

A Biblioteca Pública de Nova York é um marco na cidade de Nova York. É uma estrutura de mármore impressionante quando vista de fora, mas o interior é igualmente lindo!

Fundada em 1895, com sua arquitetura original conservada até os dias atuais. Localizada no Bryant Park, no coração de Midtown, a biblioteca tem um acervo que conta com mais de 55 milhões de livros.

A biblioteca é tão famosa e bonita que já foi cenário de vários filmes. Localizada no coração de Manhattan, pertinho da Times Square, é uma das maiores bibliotecas dos Estados Unidos, e é muito frequentada por estudantes, moradores e turistas.

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3DU5C7p 

8- Biblioteca do Parlamento – Ottawa, Canadá

A Biblioteca do Parlamento em Ottawa, Canadá, é o sonho de todo amante de biblioteca! Igualmente deslumbrante por fora e por dentro, este é o tipo de biblioteca que todos precisam ver pelo menos uma vez na vida, nem que seja apenas virtualmente.

É o principal repositório de informações e recurso de pesquisa do Parlamento do Canadá. Construída em 1876 a biblioteca já passou por várias mudanças e reformas ao longo dos anos, porém, sempre mantendo sua forma e arquitetura original. 

Os edifícios do Parlamento pegaram fogo em 1916, mas por sorte um funcionário conseguiu trocar as portas de metal, antes que o incêndio atingisse as milhares de obras históricas contidas no local. 

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3xe11vQ 

9- Biblioteca Morgan – Nova York, Estados Unidos

Outra biblioteca incrível na cidade de Nova York que você pode ver online é a Morgan Library. Esta biblioteca foi originalmente construída entre 1902 e 1906 para abrigar a coleção particular de manuscritos e livros iluminados, históricos e literários do financista Pierpont Morgan, mas agora é uma biblioteca de pesquisa com uma coleção cada vez maior.

Muito do acervo que hoje está guardado na biblioteca fazia parte da coleção pessoal do banqueiro Junius Morgan. Ele iniciou sua coleção no século 19 mas foi após sua morte, em 1890, que o acervo realmente cresceu. 

Em 1924, onze anos após a morte de Pierpont Morgan, seu filho J.P. Morgan Jr., percebendo que a biblioteca havia se tornado importante demais para ficar em mãos privadas, a tornou pública.  Majestosa na aparência, a biblioteca foi projetada por Charles McKim e é considerada como sua obra-prima. A estrutura reflete a natureza e a magnitude de suas propriedades, resultando em um palácio de estilo renascentista italiano com três magníficos salões que simbolizam a era da opulência americana.

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3xdWZ6j 

10- Biblioteca do Vaticano – Cidade do Vaticano

Localizada na cidade do Vaticano, a Biblioteca Apostólica foi fundada pelo papa Nicolau V Parentucelli (1447-1455) no Palácio dos Papas. No final do século 16, ela foi transferida para o Salão Sistino pelo papa Sisto V Peretti (1585-1590). 

Atualmente, em seu acervo há mais de 180 mil volumes de manuscritos e arquivos, 1,6 milhão de livros impressos, 8,6 mil incunábulos, 300 mil moedas e medalhas, 150 mil gravuras e desenhos e 150 mil fotografias. No entanto, os arquivos secretos do Vaticano foram retirados do local.

Documentos e textos sagrados, os primeiros mapas criados são alguns dos itens que estão na Biblioteca do Vaticano é um dos maiores acervos do mundo podem ser encontrados na Biblioteca do Vaticano.

Uma das mais antigas do mundo, começou recentemente a digitalizar seu acervo para ficar disponível para visualização on-line e totalmente gratuita.

Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3ulGMdB 

11- Biblioteca do Trinity College – Dublin, Irlanda

Sua capital, Dublin, abriga uma biblioteca que, certamente, é uma das mais belas do mundo. A Old Library fica na Trinity College, a primeira universidade irlandesa,  instituição que foi fundada pela Rainha Elizabeth I em 1592, quando a Inglaterra dominava a Irlanda.  Ela é a maior da Irlanda abrigando incríveis 6 milhões de livros e manuscritos.

Como uma das bibliotecas mais famosas do mundo, é naturalmente considerada uma atração turística em Dublin devido à sua história e elegância arquitetônica. A construção abriga cerca de 6 milhões de livros e manuscritos, a maior coleção de impressos da Irlanda. 

Decorada com bustos e a harpa mais antiga da Irlanda, e o Book of Kells, um rico manuscrito de centenas de anos que remonta a Idade Média e ainda é notavelmente preservado. Não é o mais antigo da biblioteca, mas o mais fascinante, pois foi escrito 600 anos antes da criação da prensa, na China. 

A biblioteca tornou-se um verdadeiro museu, que também exibe painéis que mostram como os livros antigos eram feitos pelos monges, que usavam pele de bezerro, madeira queimada e minerais, tudo de forma totalmente artesanal.

Acesse o tour virtual através do link: https://www.tcd.ie/visitors/book-of-kells/virtual-360/ 

12- Museu da Língua Portuguesa – São Paulo, Brasil

E para finalizar essa não é uma biblioteca, mas é um museu incrível, localizado no centro histórico da cidade de São Paulo, ao lado da Estação da Luz, o museu foi inaugurado em 2006. Depois de nove anos de grande sucesso, a instituição fechou as portas por cinco anos. 

Isso pois, em 21 de dezembro de 2015, o edifício foi atingido por um incêndio de grandes proporções. A tragédia deixou parte da estrutura gravemente comprometida, bem como o acervo e as instalações originais. 

Após um incêndio e fechamento por 6 anos, a atração está novamente de portas abertas. Do nascimento até o incêndio de 2015, o museu teve 3,9 milhões de visitantes, contou com 30 exposições temporárias e recebeu 12 prêmios. As exposições homenageiam escritores, poetas e artistas. 

Durante o período que esteve fechada, sua equipe trabalhou para reconstruir o acervo e pensar novas exposições. A maior parte do acervo foi renovada. Primeiro do mundo totalmente dedicado a um idioma, trouxe ao país um novo conceito museográfico, que alia tecnologia e educação. Com uma narrativa audiovisual e ambientes imersivos, permitiu aos visitantes descobrir novos aspectos do idioma, elemento fundador da cultura do país.


Acesse o tour virtual através do link: https://bit.ly/3LK8aYs

Se você gostou desse conteúdo e quer ler mais dicas acesse nosso blog, conheça também nosso site e nossas várias opções de cursos. 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *