A Graduação em Direito é uma das mais almejadas no Brasil e isso não é uma realidade recente.

Afinal de contas, há bastante tempo, se formar nessa área tem sido o foco de pessoas que desejam ter uma carreira promissora e estável.

Do mesmo modo, a autorização do MEC (Ministério da Educação) para cursos de graduação em Direito é extremamente exigente com a instituição que irá ofertar o curso, que deve te no mínimo conceito 4 como a Faculdade Sensu possui.

E agora, qual carreira seguir?

São muitos os motivos que levam alguém a decidir se formar nessa área: vocação, estabilidade financeira, influência de familiares, solidez na careira, possibilidade de altos ganhos entre outros.

No entanto, um dos principais atrativos para quem opta pela formação são as inúmeras possibilidades na carreira.

Um graduado em Direito se vê diante de um leque de opções muito grande quando precisa decidir em que ramo irá atuar e as oportunidades podem ser tanto no setor público como no privado.

Nesse sentido, o curso de Direito é um dos mais dinâmicos que existem no setor acadêmico, abrangendo diversas áreas do conhecimento e isso se deve ao grande número de ramos e áreas de atuação possíveis.

Considerando que um dos grandes dilemas quando se está cursando uma faculdade de Direito é justamente saber que caminho seguir profissionalmente, nesse sentido, preparamos este artigo para esclarecer algumas dúvidas sobre a área e quais são as oportunidades de carreira oferecidas a um bacharel em Direito. Acompanhe!

O que exatamente é um bacharel em Direito?

Antes de falar sobre possibilidades de carreira, precisamos esclarecer brevemente o que significa ser um bacharel em Direito.

O bacharelado em Direito é uma graduação obtida a fim de se permitir atuar na área jurídica. A duração média do curso é de cinco anos, mas apenas ter o diploma não habilita o concluinte a exercer as principais funções da área.

É importante destacar que para a maioria dos cargos é exigida uma experiência no ramo jurídico, o que somente será possível mediante a aprovação no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, OAB.

Em quais cargos um bacharel em Direito pode atuar?

Assim como já foi mencionado aqui, existem muitas possibilidades de atuação na área de direito, algumas delas são exclusivas do setor público, outras são mais comuns no âmbito privado.

Conheça agora quais são as principais posições que um profissional em Direito pode ocupar e uma explicação sobre cada uma delas.

Docente em Direito

Quem se forma em Direito pode trabalhar como professor em faculdades, ministrando aulas para alunos do próprio curso de Direito ou de áreas afins. Todavia, exige-se que esse profissional tenha uma pós-graduação, Lato Sensu, mestrado ou doutorado.

Mas além do trabalho nas universidades, o professor de Direito pode também atuar em cursos para concursos públicos ou preparação para o Exame da OAB.

Magistratura (Juiz)

O cargo de juiz é um dos mais desejados da área jurídica, mas existem alguns rigorosos critérios para exercer a função, que é uma das que oferecerem maiores ganhos para o profissional.

As exigências do cargo são a realização de concurso público de provas e títulos e ter no mínimo três anos de exercício no âmbito jurídico.

Em sua atuação profissional, o juiz é responsável por analisar ações judiciais que envolvem os conflitos entre pessoas, empresas ou agentes públicos.

Além disso, por ser um cargo bastante concorrido e exigir um alto grau de conhecimento, uma pessoa que se decide por esse segmento de atuação precisa estudar arduamente para ser capaz de passar nos concursos públicos com nível de dificuldade bem alto.

Magistratura (Desembargador)

Atua como juiz nos tribunais de segunda instância e tem como papel decidir os casos que não puderam ser solucionados no primeiro julgamento, podendo aceitar ou modificar as decisões do juiz que o antecedeu.

Trata-se de um dos cargos de maior prestígio da magistratura e o acesso às poucas vagas que costumam ser disponibilizadas só é possível mediante nomeação.

Delegado de polícia

A principal função de um delegado de polícia é conduzir investigações criminais e presidir um inquérito policial.

Esse profissional pode atuar tanto no âmbito estadual quando no federal e para ingressar no cargo não é necessário passar na OAB, bastando a penas ser bacharel em direito.

No entanto, assim como o juiz, para ser delegado de polícia, é necessário prestar concurso público e ter pelo menos três anos de experiência profissional.

Promotor de Justiça

Esse profissional atua no Ministério Público de cada estado defendendo a lei e os direitos e interesses da sociedade.

Em suma, o promotor de justiça atua como um fiscal da lei e pode investigar suspeitas de crimes como desvio de recursos públicos, por exemplo.

Para exercer esse cargo, o profissional deve ter completado pelo menos três anos de atividade jurídica e estar inscrito nos quadros da OAB.

Procurador Geral de Justiça

A procuradoria Geral é um cargo hierárquico acima da promotoria e atua em instância superior inserida nos Ministérios Públicos Estaduais e Federais.

Ou seja, essa é a função exercida pelo chefe do Ministério Público, o procurador tem a atribuição de representar a sociedade, visando o interesse coletivo no âmbito Federal, Estadual ou Municipal.

Para ser procurador geral, é preciso ser nomeado pelo chefe do poder executivo.

Defensor Público

O papel desse profissional é prestar assistência jurídica gratuita a pessoas que não têm condições de pagar os honorários de um defensor particular.

Desse modo, para preenchimento dos cargos de defensor público, também são realizados concursos públicos para a defensoria de cada estado ou da União.

Profissionais de Direito Privado

A escolha pelo Direito Privado possibilita uma série de opções ao profissional, entre elas, trabalhar como advogado em um escritório de advocacia, abrir seu próprio escritório ou atuar no departamento jurídico de uma determinada empresa.

O profissional que desejar também pode trabalhar de maneira independente, prestando serviços de consultoria, por exemplo nas principais áreas do Direito Privado como o Direito Civil, Empresarial, Penal e Trabalhista.

Diplomata

Quem opta por seguir a carreira de diplomata terá o papel de representar o Brasil em assuntos de interesse das relações exteriores.

Atualmente, um dos principais critérios para seguir a carreira na diplomacia é ser aprovado no concurso do Instituto Rio Branco, que pertence ao Ministério das Relações Exteriores Brasileiro.

Por fim, agora que você já conhece as várias possibilidades de carreira para um bacharel em Direito, escolha a Faculdade com as melhores metodologias e cursos de qualidade.

Entre em nosso site, conheça nossos programas de bolsa de estudos e saiba mais!

Categorias: Jurídica

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.