Nunca na História, demandou-se tanto investimento em Segurança Pública no Brasil.

Isto é, infelizmente a criminalidade cresce constantemente na maioria das cidades.

Desse modo, esse fato força as autoridades de Segurança Pública a utilizarem mais ações de repreensão e inteligência, na tentativa de diminuir e evitar a ocorrência de crimes.

Em outras palavras, com esse cenário, seguir carreira na Segurança Pública pode ser uma boa alternativa para quem está em busca de uma profissão sólida e com grandes perspectivas de crescimento profissional.

A área de Segurança Pública no Brasil vem sendo tratada como prioridade. O investimento em inteligência, agentes de segurança e equipamentos cresce ano a ano.

Tudo isso com o intuito de reforçar a segurança da população e diminuir a criminalidade em todas as regiões.

Confira neste artigo, como é o mercado de trabalho na área de Segurança Pública no Brasil e quais são os requisitos necessários para ingressar nessa área.

Violência urbana e o papel da Segurança Pública no Brasil

No Brasil, a partir da década de 1950, houve um processo chamado êxodo rural.

Esse movimento fez com que diversas famílias que viviam em áreas rurais deixassem o campo para tentar uma vida melhor nos grandes centros urbanos.

No entanto, o crescimento vertiginoso da população das grandes cidades acarretou diversos problemas sociais, como:

– Aumento da violência urbana;
– Criminalidade;
– Desemprego;
– Crescimento das favelas;
– Precarização das condições de vida.

Sendo assim, a partir deste triste cenário, o investimento em Segurança Pública precisou ser ampliado significativamente, desde as décadas seguintes até os dias atuais.

Para se ter uma ideia, segundo o Anuário da Segurança Pública, somente em 2018, o Brasil investiu um montante de mais de R$ 90 bilhões em ações de Segurança Pública, como:

  • Policiamento ostensivo;
  • Defesa civil;
  • Investigação e inteligência;
  • Equipamentos de proteção e segurança.

O valor desse investimento reforça o papel crucial da Segurança Pública e mostra a importância do trabalho dos agentes de Segurança Pública para promover o bem-estar social da população.

Atual cenário da Segurança Pública

Com a posse do novo Governo Federal em 2019, podemos perceber diversos indicativos de valorização da área de Segurança Pública. Uma das principais promessas de campanha foi justamente fortalecer a Segurança Pública e combater com mais vigor a criminalidade em nosso país.

Como exemplo de ações efetivas dessa valorização, podemos citar a aprovação da Reforma da Previdência dos Militares, a qual inclui também as principais categorias de agentes de Segurança Pública.

Essa reforma trouxe uma reestruturação do plano de carreira de todos os agentes de Segurança Pública.

Ou seja, tanto quem já atua no setor de Segurança Pública como quem pretende ingressar nesse ramo, terão melhores condições de trabalho, além de remuneração e gratificações mais justas.

Demanda por profissionais da Segurança Pública

Em uma rápida pesquisa por concursos públicos na internet, é possível perceber que há diversas oportunidades para profissionais que querem atuar na área de segurança do setor público.

Como resultado, na maioria dos órgãos, existe um déficit de profissionais, devido ao grande número de agentes de Segurança Pública que entram para a reserva todos os anos.

Além disso, o crescimento da população e da infraestrutura das cidades exige maior efetivo de agentes nas ruas e nos batalhões atuando com Inteligência.

Um exemplo dessa grande demanda é o concurso da Secretaria de Segurança do Estado do Paraná. Nele, estão previstas 3 mil vagas de trabalho divididas entre cargos como policiais militares e civis, bombeiros e agentes penitenciários.

Para além desse exemplo, a união, estados e municípios abrem concurso frequentemente, visando preencher vagas na área de segurança pública.

Por isso, o melhor caminho para entrar nessa área é a formação específica na área.

Uma graduação na área de Segurança Pública, ofertada pela Faculdade Sensu e reconhecida pelo MEC com conceito 4, por exemplo, pode ser a oportunidade perfeita para ampliar o seu conhecimento e te colocar na frente de muitos candidatos, sendo fator decisivo para ingressar na área de Segurança Pública através dos concursos.

Quais carreiras são possíveis seguir na Segurança Pública?

A área de Segurança Pública se destaca pela ampla possibilidade de atuação. Veja abaixo, alguns dos cargos disponíveis de atuação na área de segurança em órgãos da administração pública:

Outro fator que torna a área de Segurança Pública tão desejada é a possibilidade de possuir remuneração bem acima da média. Em alguns editais de concursos públicos, a remuneração inicial passa dos R$ 3.000 mensais.

Além disso, os concursos públicos da área de segurança são uma boa oportunidade de possuir a tão deseja estabilidade no emprego.

Setor privado também pode ser alternativa

Ainda que o investimento em Segurança Pública tenha crescido nos últimos anos, a população em geral e as empresas privadas também fazem constantes investimentos em segurança.

Desse modo, o setor de segurança privada pode ser uma opção para quem deseja ingressar na área de segurança.

O profissional que se forma na graduação em Segurança Pública pode atuar, por exemplo, com consultoria para empresas privadas, trabalhar em empresas de vigilância patrimonial e coordenar equipes de segurança.

Formação em Segurança Pública: quais as vantagens?

Para quem deseja seguir carreira na área de Segurança Pública, o caminho mais curto para chegar a esse objetivo é fazendo o curso de graduação em Segurança Pública, a Faculdade Sensu, oferece essa graduação em 2 anos.

Nele, você adquire amplo conhecimento para atuar nas mais diversas áreas da Segurança Pública e fazer a diferença no órgão ou empresa que atuar.

O aluno vai adquirir conhecimentos em assuntos, como:

  • Combate ao crime;
  • Gestão de conflitos e estratégias de ações;
  • Segurança Pública no Brasil;
  • Direitos Humanos e cidadania;
  • Legislação aplicada à segurança;
  • Novas tecnologias na Segurança Pública;
  • Situações de vulnerabilidade social;
  • Inteligência na Segurança Pública.

Assim, o egresso do curso de Segurança Pública adquire competências essenciais de um bom agente de Segurança Pública e pode exercer suas funções atendendo aos princípios éticos e de segurança coletiva.

Além disso, toda a grade curricular visa suprir as principais exigências dos conteúdos cobrados em concursos públicos. Ou seja, é um diferencial enorme que você terá em relação aos outros candidatos.

Conheça o curso de Segurança Pública

Gostou destas dicas? Acesse nosso site e conheça todos os detalhes do curso de Segurança Pública!


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.