Os cursos na área da coisa pública ganham, cada vez mais, a atenção dos estudantes no país. Dentro desse campo, uma carreira se destaca: a de tecnólogo em segurança pública.

Sobretudo, vale frisar que a área cresce, a cada vez mais, no Brasil, com chances de emprego no serviço público. E, além disso, o curso de Tecnologia em Segurança Pública tem, em média, dois anos de duração. Por isso, em pouco tempo, quem se forma nesse curso, consegue certificado que dá chances de se conseguir um ótimo emprego.

Então, se você se interessou, continue lendo nosso artigo. Assim, você conhecerá mais sobre a área, que está em expansão e que atrai cada vez mais profissionais com desejo de ter uma carreira de sucesso. Vai que essa profissão combina com você!?

Atividade

A base da atuação do tecnólogo em Segurança Pública está no planejar, implantar e gerir ações ligadas à segurança pública. Além disso, sua prática diz das demais operações que buscam melhoria e a boa execução desse sistema.

Para tal, o Tecnólogo em Segurança Pública precisa dominar as habilidades de comunicação. Trabalhar em equipe e atuar com liderança, por exemplo, é um traço do perfil desse profissional.

Igualmente, é condição dessa atividade o preparo frente a situações complexas e de risco. Gerir conflitos faz parte das funções desse profissional.

Com todos esses dados, pode até parecer que atuar nessa área é um desafio quase impossível, mas não é bem assim. Com efeito, deve-se pensar que, por meio do estudo e da prática diária, o Tecnólogo em Segurança Pública alcançar suas aptidões. Assim, como outros profissionais o fazem.

Locais de atuação

O profissional dessa área costuma atuar, principalmente, no setor público. No entanto, diante da importância da profissão e sua expansão, pode-se encontrar também chances na esfera privada.

As empresas que prestam serviços de segurança no âmbito municipal, estadual e federal oferecem ótimas chances de trabalho para esses profissionais. E, ainda mais, há o caso de atuação em projetos de segurança ou como consultor independente.

Desse modo, além das empresas privadas, os seguintes órgãos de atuação de Tecnólogos em Segurança Pública podem ser citados:

  • Polícia Federal, Civil, Militar e Rodoviária
  • Guarda Municipal
  • Corpo de Bombeiros
  • Penitenciárias
  • Ministérios
  • Secretarias de Segurança Municipais e Estaduais

Sobre o curso

O estudante que optar pelo curso de Tecnologia em Segurança Pública irá se preparar para questões sobre a ordem pública. São elas a investigação, a segurança comunitária, a defesa civil e a polícia técnico-científica.

Outras bases do curso, por exemplo, são a análise e o gerenciamento de riscos, trabalho em equipe, as tecnologias empregadas na área. Assim como, negociação de conflitos, estudo dos principais sistemas de informação sobre segurança, entre vários outros.

É importante frisar que o diploma deve ser obtido em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Assim, seu diploma terá validade em todo o mercado e pode ser usado em concursos públicos e especializações.

Grade curricular

As matérias do curso de Segurança Pública podem variar de uma instituição para outra. Entretanto, a grade curricular segue, no dois anos, baseada, entre outros, nos seguintes aspectos:

  • Criminologia;
  • Defesa civil;
  • Direitos humanos;
  • Estrutura do Setor Público;
  • Ética e cidadania, assim como, Filosofia;
  • Fundamentos da comunicação e das ciências sociais;
  • Gerenciamento de risco e mediação de conflitos;
  • Gestão Pública;
  • Legislação, Investigação e criminalística;
  • Planejamento estratégico em segurança;
  • Polícia técnico-científica;
  • Primeiros socorros;
  • Psicologia;
  • Segurança comunitária;
  • Sistemas de informação em segurança;
  • Técnicas de negociação;
  • Tecnologia da informação em segurança pública.

Perfil de um Tecnólogo em Segurança Pública

Então, para você que ainda está na dúvida se o curso de Tecnologia em Segurança Pública tem a ver contigo, confira o perfil desse profissional. Isso pode ser valioso no momento de decisão.

Os Tecnólogos em Segurança Pública devem se comunicar bem. Ser capaz, desse modo, falar e ouvir no tempo certo. Além disso, é preciso saber lidar com as pessoas.

Ter jeito para resolver conflitos é, assim também, um traço valioso para esse profissional. Faz parte do seu trabalho a busca por soluções de conflitos.

O perfil de liderança é outro item da lista. Isso porque esse profissional precisa saber liderar equipes de forma tática. O objetivo é que os demais ofereçam melhores serviços e colaborem, então, uns com os outros.

Sobretudo, a ética e a responsabilidade social devem pautar a atividade do Tecnólogo em Segurança Pública. Questões que envolvem a moral e o zelo pela sociedade estão no cerne de sua função.

Da mesma forma, um bom manejo emocional deve estar em cena. Esse profissional está em situações de risco e sob grande tensão, sendo assim, preciso o saber lidar com as próprias emoções.

Seja um tecnólogo em Segurança Pública

Agora que você tem ciência do curso de Tecnologia em Segurança Pública, poderá refletir se essa é uma opção. Assim, quem sabe, você pode dar o próximo passo na sua carreira.

Apesar de ser uma área que se destaca, cada vez mais, o curso para formar Tecnólogos em Segurança Pública não é oferecido por muitas instituições. Mas, aqui, você pode obter essa formação e, sem dúvidas, ela te fará capaz para ser um ótimo profissional da área.

Não perca a chance de entrar em um setor de destaque no mercado. Acesse nosso site e saiba mais sobre esse e nossos outros cursos.


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.