A saga do estudante

Estudante. Homem negro sorrindo veste blusa branca e carrega uma mochila nas costas. Ele está segurando materiais escolares, quanto segura, com a outra mão, a alça da mochila. Ao fundo, estantes repletas de livros.

Uma saga é a história de personagens, narrativas de aventuras, dramas e atos heroicos. Ao propor uma Saga do Estudante, espera-se conhecer a história por trás dessa figura, quase lendária. Para aqueles que decidem adentrar nessa selva de pedra desconhecida, a saga pode começar ainda muito antes da vida acadêmica. Então, aqui estão alguns pontos importantes sobre a saga, vida e história dos personagens mais populares do mundo estudantil, os estudantes.

1. A preparação

A maioria dos estudantes começa a se preocupar com o vestibular assim que começa a cursar o Ensino Médio. A partir daí começam os preparativos com os estudos fundamentados nas bases de conteúdos mais importantes para ingressar em uma faculdade e se tornar um estudante.

Soma-se a isso a escolha do curso e da faculdade. Alguns, por exemplo, recorrem ao tradicionalismo, optam pelo curso que os pais estudaram, já outros optam pela possibilidade de conciliar os estudos com a carreira profissional. E há aqueles, ainda, que escolhem fazer sua decisão apenas depois da conclusão do Ensino Médio.

Assim, a preparação é uma das fases mais importantes e com grandes responsabilidades para os estudantes ainda jovens e com pouca experiência. Entretanto, não é motivo de tanta preocupação o indicado é ele participar de testes vocacionais, conversar com psicólogos, pais, amigos e, principalmente, profissionais da área em que deseja atuar.

Tranquilo até aqui? Então, vamos para a segunda fase.

2. A aplicação

Nessa fase o estudante já decidiu o curso e os possíveis locais que pode estudar. Desse modo, é só fazer a prova de aplicação para ingressar na faculdade. É o momento mais tenso e que gera grande ansiedade nos estudantes. Não é só pela prova, mas a expectativa, o investimento de tempo, dinheiro e anos de estudo está ali para ser “provado”. Um misto de medo do fracasso com o anseio pelo sucesso toma conta do estudante que ainda nem começou a sua trajetória dentro da faculdade.

“Maylon Wellik S. Carvalho”, por exemplo, tinha sete anos quando falou para a mãe que queria ser juiz. A mãe, Mariolanda, enfermeira, gostou da ideia. Passaram-se os anos e lá foi Maylon tentar Direito assim que concluiu o Ensino Médio. Fez o curso de Direito, mas no primeiro concurso, a reprovação veio. Maylon precisava estudar mais e sabia disso. Assim, sua vida virou um acorda, estuda, come alguma coisa, estuda, faz uma pausa rápida, estuda.

Por um momento Maylon chegou a desistir dos seus sonhos, ele não havia aproveitado a faculdade para estudar para os concursos de magistrado. Mas, voltou a pensar em ser juiz. Ao todo foram três anos e meio até que conseguiu passar no concurso almejado.

Passemos para a terceira fase a fim de começar logo a vida de estudante. Já era tempo!

3. A conquista da cadeira

Agora sim, o estudante ganhou o seu espaço, conquistou sua cadeira acadêmica! É um calouro! Aqui que a saga do estudante começa e fica ainda mais interessante. Para quem já seguia o ritmo dos estudos, fazia quadro de horários para estudar em casa e realizava pesquisas complementares, a adaptação era fácil. No entanto, engana-se aquele que pensa que a faculdade é a mesma coisa que o ensino médio. Definitivamente, não é!

Na faculdade, o professor quer saber do seu interesse, dos seus resultados. Assim, se o aluno não fizer as atividades e não procurar o professor, sair mais cedo da aula, deixar de entregar trabalho, é por sua própria conta e risco.

Prepare-se para ler bastante, fazer pesquisas, bem como trabalhos em grupo, e sem torcer o nariz. Aproveite o primeiro semestre como calouro para ganhar mais experiência e passemos para a próxima etapa.

4. A vida de veterano

Veterano é o oposto de calouro. Na faculdade, veterano é aquele que já possui tempo de curso e experiência acumulada.

Nessa fase, talvez a empolgação inicial da conquista da cadeira já tenha passado um pouco. Entretanto, espera-se que o interesse pelo curso continue aumentando.

O calouro já está acostumado com os professores, horários e atividades acadêmicas. Está em busca de oportunidades dentro e fora da faculdade. Desse modo, esse é o momento de participar de pesquisas de iniciação científica, projetos, cursos de extensão e estágios.

“Juliana C. Trindade”, por exemplo, conseguiu bolsa para Iniciação Científica quando estava no 2o ano, quarto semestre, do curso de Pedagogia. Se encantou pela pesquisa científica, ficou apaixonada. Assim, após concluir a graduação ingressou no Mestrado em Pedagogia.

Já “Maria B. Cardoso” começou como estagiária de um escritório de advocacia. Com o tempo, se tornou trainee e, por último, supervisora do escritório. Ela conta que sempre foi esforçada buscando dar o máximo de si mesma. Para ela, o segredo é mostrar envolvimento nas atividades da empresa onde está fazendo estágio, ouvindo o feedback dos colegas e superiores e colocando-os em prática.

Ser veterano é ter uma relação com a faculdade. É necessário alto desempenho para, assim, atingir os melhores resultados. Se, então, tudo estiver indo bem, logo virá a tão esperada formatura.

5. A vida de um quase formando

Chegando na reta final da saga do estudante, ele está prestes a se formar. Depois de anos de dedicação aos estudos e aprendizados sobre a sua área profissional, o estudante estará, dessa forma, apto para se formar e ascender mais um degrau na sua escalada.

É o fim da vida de estudante acadêmico e começo de carreira de um jovem profissional. Assim, se todas as oportunidades estiverem sendo bem aproveitadas até essa etapa, com certeza a formatura será um grande momento.

Depois de dias estudando, noites em claro, trabalhos, provas, pesquisas, artigos e o tão temível Trabalho de Conclusão de Curso. Após abdicar de parte de sua vida social e gastar muito dinheiro com impressões e xerox, o estudante estará apto a pegar o seu canudo de formatura.

Ser um estudante exige, então, muitas habilidades. Não há um único caminho a ser traçado, o estudante deve escolher aquilo que mais o agrada no mundo que as faculdades oferecem. Afinal, tudo que desejamos é o sucesso de todos, independente dos caminhos que escolheram trilhar nessa saga.

Agora que você já sabe a trilha que o estudante acadêmico percorre, que tal acessar nosso site e conferir os cursos disponíveis!? Para mais curiosidades sobre o mundo acadêmico e afins, continue navegando em nosso blog.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *