A partir de cada mudança que ocorre na sociedade, altera-se o jeito de ver e viver o mundo e com a difusão e a evolução das novas tecnologias e novos aplicativos, isso não foi diferente. A sociedade passa a mudar de acordo com a quebra de alguns paradigmas e com a instituição de outros.

A maneira como a tecnologia avança e transforma a vida das pessoas é impressionante. Desde o modo como estudamos e trabalhamos até como nos divertimos, tudo foi afetado pelas novas tecnologias.

É quase impossível pensar em um mundo sem tecnologia, sem internet, sem celular e sem aplicativos. A internet deixou de ter um fim específico – militar e acadêmico – para servir a todos, tendo um uso comum. É interessante perceber o quão toda mudança decorre da ação do ser humano como agente de descontinuidade na epistemologia do pensamento. Como assim?

Formas alternativas

As formas de se fazer as coisas dependem de como se pensa e de quais recursos se tem para tal fim. Quando, com tecnologia, se renova e se cria diversos modos alternativos de realizar certas atividades, por exemplo, cria-se outro tipo de pensamento para solução de problemáticas comuns do dia a dia. Um molde mais perceptível refere-se à área da Educação.

Foi-se o tempo em que todos os professores tinham que escrever com giz nos quadros. Existem pessoas que ainda utilizam o giz e o quadro negro, porém, a maioria utiliza o pincel ou, até mesmo, alguns softwares, ou seja, programas, para realizar a prática de repassar o conhecimento. A mudança de recursos, principalmente, tecnológicos, pode recriar as possibilidades da ação de um professor.

Tecnologia e mudanças contextuais

O contexto da educação, principalmente brasileira, nos últimos tempos, pode parecer sombrio e sem esperanças. Mas a classe trabalhadora dos professores acredita na educação e conseguirá melhorar o estado atual. Muitas das situações que tornam difíceis a relação professor-aluno envolvem, por exemplo, o uso de tecnologia de forma inadequada em sala de aula, como é o caso do telefone celular.

Realmente, o telefone e outros aparelhos tecnológicos podem atrapalhar a atenção de um aluno quanto ao conteúdo exposto. Entretanto, ao invés de se lançar numa competição com a tecnologia, pensar de maneira diferente e trazer essa tecnologia para sala de aula pode ser o modo mais eficaz de conseguir capturar esse aluno, aliando-se a essa tecnologia.

É necessário que tenhamos consciência de que a figura de um professor e a sua função são de suma importância, tanto em questões de aprendizagem de conteúdo quanto em relação à formação social e moral dos alunos. Realizar uma previsão de que um dia os alunos não precisarão mais sair de casa para ir à escola, em função da tecnologia, pode até ser preciso. Porém, tentar prever que um dia os professores não serão mais necessários é crer no ‘impossível’.

7 programas para auxiliar os professores em suas aulas

Tendo em vista todas as novidades tecnológicas, é importante que o professor se atualize. Cada novo programa, aplicativo e aparelho que surge para facilitar o processo educativo deve ser testado e pode, posteriormente, ser incluído no processo ensino-aprendizagem.

Para tanto, pensando na tecnologia e na educação, preparamos uma lista com incríveis programas e aplicativos que vão auxiliar o professor na sala de aula. A lista contém 7 dos muitos softwares que são o futuro das práticas pedagógicas.

1. Google Sala de Aula (Classroom)

Essa aplicação é muito eficaz, ela permite a criação de turmas e disponibilização de materiais e tarefas aos alunos. Com muita organização e tecnologia, o aplicativo coloca na palma da mão tudo que você precisa.

A criação de turmas geralmente é usada para replicar as aulas presenciais. Além da facilidade de dar recados para a turma, cria-se uma rede para os alunos se comunicarem.

2. Planboard

Todo professor sabe como pode ser complicado planejar uma aula. Mas o Planboard facilita bastante na montagem das aulas e na organização das ideias. A tecnologia pode facilitar e muito certas burocracias profissionais.

Nesse programa também existe um campo para colocar os conteúdos específicos e gerais de cada aula. Além disso, a ferramenta possui um calendário para organização. Por ser uma online, economiza papel e ainda pode ser compartilhada com outras pessoas. Afinal: educação é compartilhar! Genial, não é mesmo?

3. Remind

Outra ferramenta que facilita a comunicação entre professor e alunos. Nesse aplicativo, o professor consegue criar linhas de transmissão com grupos e turmas específicas para enviar os recados.

O Remind funciona como um grupo de mensagens a serviço da educação. Os pais e responsáveis pelos alunos também podem se conectar para acompanhar o que está rolando de importante.

4. GoConqr

Também é uma ferramenta que auxilia na montagem das aulas. Porém, essa plataforma possibilita maior espaço para a criatividade do professor.

O conteúdo das aulas pode ser passado de maneiras mais didáticas, assim como, as atividades podem ser realizadas por meio de quizzes, por exemplo. Esse aplicativo ainda permite compartilhamento de material e apresenta uma novidade, que é a avaliação de outros profissionais sobre o material criado.

5. Educreations Whiteboard

O aplicativo funciona como um quadro branco. Durante a aula, é possível utilizá-lo como forma de trabalhar o lúdico no conteúdo, além de escrever anotações e resumos para os alunos.

Esse quadro funciona de maneira colaborativa, ou seja, todos podem acessar. Entretanto, apenas o professor está habilitado para realizar as anotações.

Esse programa está disponível para aparelhos iOS. Para os usuários de Android vamos apresentar outra opção abaixo.

6. Microsoft Whiteboard

A aplicação cumpre as mesmas funções do programa anterior. Neste tipo, você pode deixar todo o conteúdo de uma aula, por exemplo, salvo na nuvem. Assim, os alunos podem acessar os desenhos, anotações, resumos e também as brincadeiras que o professor desenhou no quadro. Essa alternativa é excelente para alunos com dificuldade de enxergar o quadro.

E está disponível para iOS e Android.

7. TED

O último programa é mais interdisciplinar do que os outros. Nele, os alunos podem também ter mais liberdade e possibilidades.

O aplicativo apresenta palestras e vídeos de pessoas inspiradoras e talentosas. Além disso, trata de temas educativos, inclusive, de outras temáticas importantes que se entrelaçam com a educação. O professor pode utilizá-lo, como um instrumento tecnológico, para recomendar materiais para os alunos.

Pode funcionar também como vídeos de apoio para alguns textos.

Os 7 aplicativos apresentados auxiliarão bastante em aulas mais interessantes e mais chamativas. Esse tipo de ensino e essas metodologias são cada vez mais utilizados, inclusive em instituições de Ensino Superior, como a nossa instituição, que preza pela inserção da tecnologia a favor da educação e que tem ótimos valores em todos seus cursos. Direito, Logística, Segurança Pública e Gestão Pública são alguns dos cursos da nossa faculdade.

Venha nos conhecer e se inscrever nos nossos cursos!


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.